sexta-feira, 20 de janeiro de 2012

Interpretando a Letra (sugestões do que NÃO fazer)





  Como já disse antes, dançar interpretando a letra é um fundamento primário, o ato transmite uma certa ingenuidade e dependendo do caso pode ficar divertido.
   Já no clipe "lenda" da Simony isso não acontece, o efeito chega a ser assustador. Após uma breve reflexão conclui que dançar interpretando a letra só funciona quando usado de forma irônica, por exemplo, se você está platonicamente apaixonado de verdade e dançar com a mão no peito, provavelmente sentiremos pena de você. Portanto se a Simony dança uma música chamada "Acho que sou Louca" com essa pinta de completamente psicótica nós não só achamos como temos certeza que ela não merece menos do que o manicômio.
  A coreografia tem vários exemplos de como não dançar interpretando a letra, logo no início no minuto 0:43 ela interpreta "te sinto e te desejo" apertando o nariz e colocando as mãos na cabeça um pouco antes de se esconder ridiculamente em uma palmeira.
  Sugestão: ao interpretar loucura evitem esse movimento de dedos em aspiral somado a sorriso forçado, e o ato de esconder em uma pilastra ou galho de árvore e ficar sumindo e aparecendo já está mais passado do que Angélica cantando Vou de Táxi.
  No minuto 0:18 (é meu momento favorito),  balançadinhas de pescoço e a conclusão, sim eu sei que sou louca até na grama. Para interpretar "nós dois" o próprio número 2 feito com os dedos e o logo após o clássico duas batidinhas no coração.
  Simony tenha certeza, você é louca e homem sem camisa só com gravata amarela e calça leg branca é um fetiche bizarro.
Ocorreu um erro neste gadget