sexta-feira, 2 de março de 2012

"A Obra em dias de semana cedo" uma sugestão possível


Está escrito na portinha "BAR DANÇANTE" entendeu? DANÇANTE, mas vamos combinar dançar rock 90''s para cima é muito difícil. Basicamente não temos muita referência a respeito, o povo dessa época preferia não dançar mas sim fazer clipes com um monte de cenas desconexas em lugares decadentes passando rapidamente.
Segue então uma coreografia de filme anos 90 parafraseando um outro filme dos anos 60 para ser dançado hoje, amanhã, ontem, agora os anos 10.


terça-feira, 28 de fevereiro de 2012

Homens Move your Hips

     


  O mais importante para um homem quando ele quer requebrar de verdade é fazer a cara de "estou fazendo gracinha" veja a boca aberta e as sobrancelha arqueadas do Will Smith. Com essa pose irreverente um homem pode fazer qualquer coisa na pista sem  ficar parecendo o Jacaré do É o Tchan.
   Engraçado pensar que o universo da dança para os homens ainda é cheio de barreiras, pelo menos aqui no Centro Oeste. Desconheço moça de família ou moderninha despudorada que se interesse por homens requebrantes. O estilo Fresh Prince é a salvação para os moços oprimidos por essas machistas que além de tudo querem que eles paguem a conta sozinhos.
   Horrorizem rapazes, mas finjam que estão brincando.

sexta-feira, 20 de janeiro de 2012

Interpretando a Letra (sugestões do que NÃO fazer)





  Como já disse antes, dançar interpretando a letra é um fundamento primário, o ato transmite uma certa ingenuidade e dependendo do caso pode ficar divertido.
   Já no clipe "lenda" da Simony isso não acontece, o efeito chega a ser assustador. Após uma breve reflexão conclui que dançar interpretando a letra só funciona quando usado de forma irônica, por exemplo, se você está platonicamente apaixonado de verdade e dançar com a mão no peito, provavelmente sentiremos pena de você. Portanto se a Simony dança uma música chamada "Acho que sou Louca" com essa pinta de completamente psicótica nós não só achamos como temos certeza que ela não merece menos do que o manicômio.
  A coreografia tem vários exemplos de como não dançar interpretando a letra, logo no início no minuto 0:43 ela interpreta "te sinto e te desejo" apertando o nariz e colocando as mãos na cabeça um pouco antes de se esconder ridiculamente em uma palmeira.
  Sugestão: ao interpretar loucura evitem esse movimento de dedos em aspiral somado a sorriso forçado, e o ato de esconder em uma pilastra ou galho de árvore e ficar sumindo e aparecendo já está mais passado do que Angélica cantando Vou de Táxi.
  No minuto 0:18 (é meu momento favorito),  balançadinhas de pescoço e a conclusão, sim eu sei que sou louca até na grama. Para interpretar "nós dois" o próprio número 2 feito com os dedos e o logo após o clássico duas batidinhas no coração.
  Simony tenha certeza, você é louca e homem sem camisa só com gravata amarela e calça leg branca é um fetiche bizarro.
Ocorreu um erro neste gadget